Saullo Vianna é solto após cinco dias preso

Manaus/AM – Preso desde a última sexta-feira (7) pela Polícia Federal, o deputado estadual eleito Saullo Vianna, deixou o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) na manhã desta quarta-feira (12) após cumprir mandado de prisão temporária de cinco dias por crime eleitoral, corrupção ativa e passiva.

Saullo Viana foi solto após o juiz federal Marllon Souza que assinou o mandado de prisão do mesmo, julgar seu habeas corpus e decidir não prorrogar sua prisão, por achar que a competência de manter a prisão é do TRE-AM por se tratar de crime eleitoral. Até o momento o TRE-AM não se manifestou sobre o caso.

Saullo Vianna foi o nono mais voto na disputa pela Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), recebendo mais de 27,8 mil votos. Caso o político não seja diplomado, o atual secretário de segurança pública do estado, coronel Amadeu Soares (PPS) assumirá como seu suplente.

Anúncios