Saiba porque venezuelanos estão se recusando em sair de rodoviária para abrigo

Manaus/AM – A Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), com o apoio do Oasis Acolhimento de Famílias e do Alto Comissariado das Nações Unidas (Acnur), iniciaram nesta terça-feira (11) a transferência de imigrantes venezuelanos que estão acampados no entorno da rodoviária.

No entanto, um grupo de venezuelanos se recusou a sair do acampamento e ir para abrigo. Segundo a (Sejusc) os refugiados solicitaram acolhimento em quartos individuais e o recebimento de aluguel social pago pelo Governo do Amazonas.

No total, 13 vagas foram destinadas aos venezuelanos no abrigo Oásis. Mas segundo a (Sejusc), dos 13 que haviam concordado em ir para o acolhimento no abrigo, 12 desistiram e recusaram a transferência, apenas um deles aceitou ir para o local. De acordo com o refugiado, ele precisa ter um endereço fixo para regularizar a documentação e assim, conseguir um emprego para futuramente trazer sua família da Venezuela.

De acordo com a Sejusc, a transferência dos 13 venezuelanos para o abrigo Oásis já estava acertada desde a semana passada, após terem sido feitas reuniões com representantes da sociedade civil organizada e secretarias do Estado e do Município. Havia sido acertada uma ação conjunta entre os órgãos para acolher e transferir os refugiados. Conforme a Sejusc, após uma triagem, foram selecionados para ir para o abrigo mulheres e crianças menores de 5 anos que apresentavam doenças de pulmão, além dos três homens adultos. Todos já haviam aceitado ir para o abrigo.

Anúncios

Um comentário sobre “Saiba porque venezuelanos estão se recusando em sair de rodoviária para abrigo

  1. Engraçado que temos que acolher eles. Já basta que tem muito desemprego. Eu tbm não tenho casa. Sou desempregada e moro alugado e nem por isso to fazendo coisa errada oi explorando o governo!!! Ninguém mandou vir aqui…
    Nossos impostos e pra nos e não pros outros. Podem seguir o rumo deles em busca da felicidade. Já tem muitos aqui em cada esquina e sinal.

Os comentários estão desativados.