Deputado eleito Saullo Vianna é detido pela PF por crime eleitoral

Manaus/AM – O deputado estadual eleito Saullo Vianna (PPS) foi levado para a sede da Polícia Federal, na manhã desta sexta-feira (7), para prestar esclarecimentos por suspeita de crime eleitoral. Segundo informações a prisão dele já é confirmada.

O advogado de Saullo, Marco Aurélio Choy, evitou falar sobre o assunto, mas adiantou que está verificando o teor da acusação contra seu cliente e que logo a situação será esclarecida.

O que se sabe é que Saullo Vianna deixou de apresentar a prestação de contas parciais referente às eleições deste ano.

Faltando apenas 10 dias para a diplomação, o deputado estadual eleito corre o risco de não assumir o mandato, caso não consiga esclarecer as acusações que estão sendo feitas contra ele. Nesse caso, o primeiro suplente do partido, Coronel Amadeu Soares, que obteve 10.970 votos é quem assumirá a vaga.

Saullo Vianna foi o nono mais voto na disputa pela Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) e suas principais votações ocorreram em Manaus, onde recebeu mais de 11 mil votos e em Parintins, mais de 6 mil, obtendo o mandato com 27.880 votos.

Anúncios