Capitão Alberto Neto pode tirar o lugar de políticos tradicionais em Brasília

alberto neto

O Capitão Alberto Neto já tem seu partido para disputar as eleições de 2018: o Partido Republicano Brasileiro (PRB). O anúncio foi feito nesta segunda-feira (9) na sede do partido.

Alberto chegou a tentar se firmar em outros partidos, mas foi no PRB que acabou encontrando espaço para defender a candidatura de Bolsonaro e a liberdade para defender suas propostas para a segurança pública. Além disto, também contará com um maior tempo de televisão e rádio, o que vai ajudar a chegar em lugares onde a internet ainda não é uma realidade.

O Capitão é pré-candidato a deputado federal e deverá disputar com nomes de peso no cenário político local como Silas Câmara, Marcelo Ramos, Pauderney, dentre outros que poderão acabar de fora face o destaque que o militar possui no meio das novas gerações de eleitores.

“Fui forjado na batalha das ruas e, para proteger a sociedade, você combate com estratégia. Não entro neste desafio para fazer número. Entro para guerrear e vencer. Nossa pré-candidatura é baseada nisso. O PRB é um partido consolidado e mostrou na minha aceitação que é um partido plural, tanto é que me garantiu a liberdade para defender a candidatura do Bolsonaro e minhas ideias. Destes ideais não abro mão. Assim pretendemos chegar no máximo de amazonenses com nossas propostas e defesas. E com a graça de Deus e a vontade das pessoas, poderemos ter uma caminhada firme fazendo o que sempre fiz: combater a violência”, disse à reportagem.

Sobre pertencer ao mesmo partido de Silas Câmara, Alberto não titubeou: “Silas tem sua história e suas defesas. Foi eleito seguidas vezes pelo povo amazonense e representa um grande eleitorado que merece nosso respeito. Mas irei disputar a mesma vaga que ele. Sou militar. Sou do combate. Tenho um perfil diferente das defesas feitas por Silas e vamos disputar como todos os demais candidatos. Mas quem vai decidir quem estará em Brasília, representando o povo amazonense não é um partido, são os próprios amazonenses”.

Questionado sobre o motivo de escolher a pré-candidatura a deputado federal, ao invés de deputado estadual, Capitão Alberto disse que isto tem a ver com as defesas que faz. Mudanças no código de execução penal só podem ser propostas por deputados federais e não estaduais. “Se as leis federais não mudarem a bandidagem continuará impune. Sou prático. Não quero fazer carreira política. Quero resolver o problema na raiz”, finalizou.

Anúncios

Um comentário sobre “Capitão Alberto Neto pode tirar o lugar de políticos tradicionais em Brasília

  1. O nome desse discurso é populismo. Tá falando só o que o povo quer ouvir. Um coronel da PM que não sabe quem comanda o tráfico? Pelo amor de Deus.

Os comentários estão desativados.